Widgetized Section

Go to Admin » Appearance » Widgets » and move Gabfire Widget: Social into that MastheadOverlay zone

Os Dois Membros de Laodicéia

Share Button

Por Jessé Salvino Cardoso.

O momento nos convida a mais uma reflexão, assim dando continuidade falando dos dois filhos de Aarão: Nadabe e Abiú, em termos gerais analisar sob o prisma da rebeldia, nessa sétima coluna vou falar um pouco sobre os dois membros de Laodicéia.

Situar a Igreja de Laodicéia entre os hebreus no Antigo Testamento não é uma tarefa fácil, bem que houve um povo misto entre os judeus, que ao parece favoreceu o estabelecimento de uma célula de Laodicéia entre eles naquele momento.

Durante esse período de peregrinação no deserto, os agora sacerdotes Nadabe e Abiú do Tabernáculo de Deus no meio do povo, entraram em contato com essa célula.

Os dois sacerdotes ficaram interessados em conhecer esse projeto da célula de Laodícéia, aí reside toda ironia do destino, os dois eram sacerdotes, isso esclarecia nossas possíveis dúvidas.

Inicialmente ouviam os relatos, mas desejaram participar isso já é uma outra conversa. Não basta ir em uma célula tem que pertencer, ideia original cristã.

Simbólicamente, eles olham para o Tabernáculo e depois de participarem da célula de Laodicéia, e para lá retornam realizar suas rotineiras funções sem nenhuma novidade ou mudança, frequentavam a célula por ir, uma mera obrigação.

Mas esses sétimo e oitavo membro de Laodicéia eram sujeitos desajustados não era fácil lidar com eles, sempre realizando a mesma coisa,nunca aprendiam o dever.

E eles foram apenas comprovar a Boa Nova que já circulava entre a vizinhança a muitos dias com um certo grau de certeza e de fidelidade.Bem os sujeitos se apropriaram das verdades ditas por outros e foi lá ouvir uma boa pregação e louvores ( leia-se pregação expositiva e hinos da Harpa cristã.).

Mediante o boato ouvido , os sujeitos desajustados afirmou algumas coisas bem interessantes, que de certo ponto vale á pena compreender a dose de sua crítica ácida. E falalaram:- Toda Cristandade parece bem dividida por uma tênue linha os de Laodicéia e os de Filadélfia, preciso conhecer melhor essa primeira comunidade.

Bem eles foram um culto , e foi mais outro e foi mais outro, no sexto culto que fora exatamente, eles abandonam o 1 á 51, e mantém as tradições , elas são fundamentais, enorme transformação, isso podemos aplaudir com certeza , o Salvador entrou na vida dos dois sujeitos desajustados.

Realmente as esposas encararam muitas mudanças no tocante a muitas coisas do particular dos dois sacerdotes desajustados.

Os sacerdotes Nadabe e Abiú alcançaram bom resultados com os filhos que de fato eram muitos, melhorou realmente seu meio de vida, os trabalhos aumentaram gradualmente, bem eles ficaram bons religiosos as marcas de Laodicéia.

Sabiam todos Hinos da Harpa, sabiam dar um sermão sem roteiro ou script, o desajuste não foi resolvido.Bem deles poderíamos esperar um pouco menos.

Diante desse quadro de bons resultados agradáveis, o pastor da igreja convidou os sacerdotes a estudarem teologia no Seminário Teológico da Igreja Evangélica Pentecostal de Laodicéia.

E arriscadamente os dois duvidosamente estava caindo nesse discurso fraco do pobre e jovem reverendo anônimo da poderosa igreja ( bem todo anonimato carrega consigo uma ideia tardia de culpa, isso todos bons escritores sempre estão a concordar.)

Legalmente o reverendo estava tentando dizer que eles tinham plenos pendores para tal atividade, conforme o pensado em alguns tempos. Em termos gerais esses sacerdotes se demonstrou ao darem seus testemunhos ótimos oradores, inerente a sua classe.

A inteligência exercida pelos sacerdotes agora convertido passou várias horas meditando acerca sua realidade como novos membros de Laodicéia, mas buscava abrandar essa realidade contraditória em certos modelos de vida.

Os sacerdotes Nadabe e Abiú apenas sinalizaram que tinha gostado dos fatos e eventos das suas vidas, daquela comunidade significa muitas coisas relevantes redesenhadas a partir de uma foto realizada.

Diante desse quadro funesto, eles avançavam em não serem tão medíocres em suas vidas particulares em coisas essenciais tinha unidade completa de pensamento e nas coisas mais comuns a diversidade.

Inicialmente os sacerdotes tão polifônicos viram as coisas completamente arriscadas despontadamente no horizonte sombrio de suas múltiplas interpretações acumuladas ao longo do tempo.

Categoricamente esses sacerdotes compreenderam todo o conjunto que adviria enormes ventos e tempestades em seus trabalhos dia após dia recuperando uma nova leitura da própria vida.Essa pequena polifonia da vida acresce muitas dúvidas incertezas, que gradualmente somente complicariam mais .

E estar naquela comunidade significa alcançar alguma forma de refúgio ou respaldo acumulado ao ir e vir dos cultos na célula da Igreja Evangélica Pentecostal Laodicéia.

Ir a igreja pode significar muito ou pouco, depende apenas do ponto de vista de um narrador que reconta a vida de um morto em crise existencial, os desajustados recolhiam os cacos das suas polifônicas vidas.

Assistir cultos não evidencia a ninguém um espaço privilegiado nos céus, a visão aterradora dos eventos de sua vida revelavam uma releitura desleixada da própria vida, e considerar os muitos eventos contraditórios da vida , serem membros de Laodicéia indica diversas variantes dos conflitos interpretativos.

www.choraminhices.com.br

Share Button

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.